Nanomateriais e reagentes: para pesquisa de ponta

Nanomaterials and reagents for electrochemical research

Nanomateriais e reagentes eletroquímicos são ferramentas úteis para aplicações eletroquímicas, catálises, ópticas, marcação biológica e muito mais.

Saiba mais nesta página sobre nossa gama de nanomateriais e reagentes:

Características principais

  • Nanomaterias de carbono: nanotubos, nanofibras, mesoporos de carbono, grafeno e óxido de grafeno
  •  
  • Nanofios metálicos e nanopartículas: ouro, platina, paládio, níquel e prata
  •  
  • Quantum dots: CdSe Core e CdSe/ZnS Core/Shell quantum dots em suspensão de clorofórmio ou funcionalizados com grupos carboxílicos
  •  
  • Compostos enzimáticos eletroativos para utilização como substratos para ensaios a base de fosfatase alcalina
  •  

Nanomateriais de carbono

Leve sua pesquisa um passo adiante – com nossos nanomaterias de carbono para modificação de eletrodos e outras aplicações.

Nanotubos de carbono, grafeno e óxido de grafeno: Estes alótropos de carbono estão entre os compostos mais estudados e mais aplicados devido às suas propriedades elétricas e térmicas, à sua grande área de superfície específica, bem como sua resistência e elasticidade.


Para catálises, absorção ou aplicações fotovoltaicas, por exemplo, nanofibras de carbono e mesoporos de carbono oferecem grande potencial. Fornecemos estes materiais em diferentes tamanhos e estruturas e em forma sólida ou em solução (orgânica ou aquosa).

Nanofios metálicos e nanopartículas

As propriedades dos materiais em escala nanométrica diferem quando comparado aos materiais a granel correspondentes. Nossa gama de nanofios e nanopartículas, produzidos via deposição eletroquímica em moldes de alumina, podem ser usados na pesquisa como marcadores biológicos, como catalizadores em nano-óptica ou em eletrônica molecular.

Você pode obter nanofios e nanopartículas dos seguintes metais em solução:

Quantum dots: mecânica quântica em jogo

Quantum Dots oferecem excelentes oportunidades em áreas como biossensores, fotovoltaica e podem ser utilizados como fotocatalisadores. Os Quantum Dots são pequenos o suficiente para produzir um efeito de confinamento quântico com propriedades optoeletrônicas diferentes. Exibindo amplo espectro de excitação com emissão estreita e simétrica, essas nanopartículas são materiais altamente inovadores.

Nossos Quantum Dots estão disponíveis em suspensão de clorofórmio ou funcionalizadas com grupos carboxílicos, tornando-os solúveis em água e, assim, expandindo o escopo de aplicação ainda mais.

> Veja as nossas versões de Quantum Dots

Compostos enzimáticos eletroativos: Reduzindo os limites de detecção

O uso de fosfatase alcalina (AP) como marcador enzimático pode ajudá-lo a atingir limites de detecção mais baixos. Com os produtos enzimáticos eletroativos obtidos a partir do fosfato de p-aminofenil, difosfato de hidroquinona e paracetamol fosforilado, você pode conseguir uma detecção eletroquímica simples, aumentando a sensibilidade e obtendo intervalos lineares mais amplos do que os obtidos com outros substratos AP padrões.

Os potenciais de oxidação dos produtos enzimáticos são menores quando comparados aos de outros produtos AP, reduzindo assim o número de potenciais interferentes que podem ser oxidados na superfície do eletrodo.

> Vá para os reagentes eletroquímicos …

Eletrodos para eletroquímica


Versátil, barato e fácil de usar. Descubra nossos eletrodos impressos e interdigitados.

Eletrodos impressos …

Células para eletroquímica


Encontre as células apropriadas para sua pesquisa com eletrodos impressos aqui.

Saiba mais …

Portable potentiostats


Potenciostatos/galvanostatos, versões multicanais, análises de eletroquimiluminescência e mais.

Confira nossos equipamentos

Espectroeletroquímica


Eletroquímica e espectroscopia combinadas em uma única medida: SPELEC. Saiba mais sobre o nosso instrumento para espectroeletroquímica.

Saiba mais …