Células para eletroquímica

Setup for electrochemical research with potentiostat and cell

Encontre a célula correta para a sua pesquisa em eletroquímica aqui. Nós oferecemos uma grande variedade de células em fluxo tais como wall-jet e thin-layer, oferecemos também células ópticas e por injeção em batelada, projetadas para fácil uso e simples substituição do eletrodo. Você pode utilizar as células com eletrodos impressos e eletrodos interdigitados.

Nossas células estão disponíveis em diferentes materiais, tornando-as compatíveis com vários solventes. Nós também fabricamos células personalizadas para aplicações específicas do cliente.

Saiba mais sobre nossas células para:
  • Análise por injeção em fluxo (FIA)
  • Análise por injeção em batelada (BIA)
  • Análise espectroeletroquímica
  • Células para HPLC e por batelada em grandes volumes

Características principais

  • Versátil e fácil de usar: adequado para diferentes experimentos, projetado para fácil substituição dos eletrodos.
  •  
  • Disponível em vários materiais para ser compatível com diferentes solventes.
  •  
  • Versão personalizada para aplicações específicas.
  •  
  • Utilização com eletrodos impressos e interdigitados.
  •  

Fácil de usar, versátil e personalizável

Com as nossas células, você é capaz de realizar seus ensaios eletroquímicos com mais facilidade. Nós projetamos nossas células tendo em mente a fácil substituição dos eletrodos – a maioria dos sistemas, por exemplo, vêm com um mecanismo magnético para abrir e fechar, fazendo com que a substituição do eletrodo seja feita em segundos.

Vários materiais e formatos para atender seus requisitos: Nossas células estão disponíveis em diferentes materiais tais como metacrilato, teflon, PEEK, polipropileno ou ABS.

Suas necessidades de pesquisa são diferentes? Sem problemas. Teremos o prazer de produzir células personalizadas que atendam suas necessidades.

> Entre em contato conosco …

Análise por injeção em fluxo (FIA) facilitada

As células para análise por injeção em fluxo (FIA) possuem um Sistema magnético para abrir e fechar, fazendo com que a substituição do eletrodo seja rápida e fácil. Como nossas células para FIA estão disponíveis em uma grande variedade de formatos e materiais, você encontrará a célula adequada para a sua aplicação.

> Ver todas as células FIA …

Um ensaio, oito resultados – com células multicanais. Se a eficiência é importante, você tem a possibilidade de executar oito medidas simultaneamente em canais independentes. Alternativamente, você também pode executar a mesma a mesma a mostra nos oito canais, obtendo oito resultados para uma amostra de uma só vez.

> Saiba mais sobre a célula de oito canais

> Saiba mais sobre a célula de um canal com oito posições

Análise por injeção em batelada: uma alternativa inteligente

Como alternativa aos sistemas FIA, nós desenvolvemos o sistema para análise por injeção em batelada (BIA), uma técnica robusta e inteligente que elimina algumas das desvantagens associadas aos sistemas de análise por injeção em fluxo, tais como bolhas de ar ou vazamentos.

Como funciona a análise por injeção em batelada? O sistema BIA usa uma micropipeta eletrônica programável dispensando sucessivas gotas com taxa de fluxo reprodutiva e injeção de volume. A solução é dispensada próximo à superfície do eletrodo de trabalho. Como a taxa de fluxo é altamente controlada, os picos resultantes obtidos são tão acentuados quanto os obtidos pelo sistema FIA. O sistema para análise em batelada é uma maneira fácil de realizar medidas sucessivas em sistemas sem tubos.

Saiba mais sobre o sistema para análise por injeção em batelada:

> com micropipeta P200M

> com micropipeta P1000M

Células para medidas de espectroeletroquímica

Se você precisa realizar medidas de espectroeletroquímica, oferecemos uma célula para análise por injeção em fluxo (FIA) ou células de baixo volume para espectroeletroquímica.

O nosso sistema FIA trabalha com eletrodos impressos integrados à célula de fluxo e inclui um suporte dedicado para colocar a fibra óptica.

> Célula FIA para espectroeletroquímica …

Se você estiver trabalhando com baixos volumes de até 100 µL, então você deve verificar nossas células dedicadas para experimentos de transmissão e reflexão. Como nossas células FIA, estas células também vêm com o mecanismo conveniente de abertura/fechamento magnético para fácil reposição do eletrodo.

> Células de baixo volume para espectroeletroquímica …

Mais células: células para HPLC e batelada para grandes volumes

Cell for HPLC
Realize Cromatografia Líquida de Alta Performance com eletrodos impressos e evite vazamentos.

> Mais sobre a célula HPLCELL


Cell for electrochemistry
Realize analises por batelada com grandes volumes de solução (5-8 mL). Isso permite que você agite e desaire a solução e realize adição de padrões.

> Mais informações


Eletrodos para eletroquímica


Versátil, barato e fácil de usar. Descubra nossos eletrodos impressos e interdigitados.

Eletrodos impressos …

Potenciostatos portáteis


Potenciostatos/galvanostatos, versões multicanais, análises de eletroquimiluminescência e mais.

Confira nossos equipamentos

Espectroeletroquímica


Eletroquímica e espectroscopia combinadas em uma única medida: SPELEC. Saiba mais sobre o nosso instrumento para espectroeletroquímica.

Saiba mais …